Vejam no Coisinhas da chica!

Vejam no Coisinhas da chica!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Basta clicar!

♥ O mar como companhia...



Lá fora, o mar
cá dentro ela a olhar...

vinho aberto , copos dois
ela esperava, ainda o depois...

O vinho já foi tomado
mas ele?Não está mais ao seu lado

Triste sina de esperar...
só lhe resta olhar o mar!

O mar que lhe deu tanta alegria
hoje serve de doce companhia!

A lua já nem lhe parece tão bela
outrora, ficava a espiar na janela.

Foi um tempo em que esperança ainda havia
de que o amor não fosse apenas só uma fantasia.


* Inspirada nessa imagem DAQUI

(Pobre coitada, depois que escrevi, até eu senti tristeza dela,rsr...)

18 comentários:

  1. Oi, Chica! Sentiu a tristeza dela porque só escrevemos bem o que sentimos, ainda que na pele de alguém! Adorei o poema! Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Bela inspiração cheia de sentimentos. Adorei! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu ao ler também...tive muita pena da senhora!!
    Poema de arrepiar a nuca!! Bravoooo...

    Paz e Luz!!

    ResponderExcluir
  4. O seu poema ficou mais biiito viu, gostei mais...

    ResponderExcluir
  5. Um poema que traz melancolia, mas muito bonito poeticamente.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. E dá pra entender a tristeza,porque sua poesia é de emocionar mesmo!Triste demais a espera de um amor!bjs,

    ResponderExcluir
  7. Eu também senti tristeza por ela Chica.
    Você rimou de forma deliciosa de se ler, mas tadinha, tão sozinha, parece eu.
    :(

    Beijos Chica querida.

    ResponderExcluir
  8. Oi Chica, quanto tempo. Estava com saudades. Que lindo poema esse seu. Apesar da solidão da moça, achei romântico.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  9. Olá, Chica!
    E eu...ia lendo...lendo e até eu senti o desconforto
    da esperança!
    Mas sabe, "nao há mal que sempre dure, nem bem que sempre ature!
    Dá para entender?
    Boas férias praianas!
    bjis!

    ResponderExcluir
  10. Ah, estas noites traiçoeiras onde o amor faz suas armadilhas.Terrivel situação amiga,quando a esperança bate asas sobre este mar infinito.Uma otima construção para esta desilusão.Mas amar é linda né? Um abração amiga e estas ferias nao acabam?rsrs.Brincadeira, divirta-se e pule de alegria que a vida é muita mais que a fantasia.Vamos que vamos!

    ResponderExcluir
  11. Tristinho sim mas acontece todo dia rsrs
    dona poeta voce está transitando em todas as áreas.
    parabéns e beijos

    ResponderExcluir
  12. A saudade, causa dor imensa, mas o tempo é cura certeira...Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  13. Hola Chica, como vai?

    Mas,a solidão não será eterna,assim como
    tudo o que existe também não será para sempre.

    TENHA UMA LINDA NOITE!

    ResponderExcluir
  14. amei a foto olhar para o mar da uma paz. bjinhus boa semana p ti

    ResponderExcluir
  15. ÊEEEE chegando no novo pedaço poético! beijos

    ResponderExcluir
  16. Aperta mesmo, o coração só de vê-la tão triste a olhar o mar sem fim, mas o amanhã virá com certeza, trazendo à praia um novo e promissor olhar.
    Canto, pranto, céu e mar...e ela a sonhar!
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  17. Linda poética.
    É muito triste a espera.....

    bjs

    ResponderExcluir

Obrigado por vir me ver aqui também...