Vejam no Coisinhas da chica!

Vejam no Coisinhas da chica!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Basta clicar!

♥ Famílias tecnológicas... ♥




Para participar dessa BC lá da Norma, resolvi brincar de escrever aqui...

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Família em casa  toda reunida
já é quase  hora de almoçar.

A mãe lá da porta a todos chamar!

Pedro, o pai, seus emails lê
Juca, finge que nem vê.

Tininha, fala no celular com Dado
Reclama que o skype está estourado!

Joaquim em seu IPAD a mexer
parece até do mundo se perder!

E a mãe está a chamar...
Ninguém a escutar!

A cena se repete,são vários  os chamados
Nada acontece!
_Ah! Eles terão que ser "acordados"...

Sai da cozinha, vai ao quarto, foi se arrumar.
Do seu velho celular, vai uma mensagem mandar.

Fui almoçar no restaurante!
Sozinha e assim será doravante!

Se as coisas por aqui não mudarem
e certos limites vocês não respeitarem.

Sai, almoça bem descansada
um sorvete agora e até a casa,
uma boa caminhada!

Chega!
Que desilusão!

Pensar que foi notada?
Sua mensagem foi apagada!
Pensaram que fosse brincadeira
afinal, mãe é mãe, o resto é besteira!!!

Agora, tudo ali a esperar
esquenta comida, chama todos...
Tudo há de recomeçar!

chica


* Esse tema é muito bom!   Pode ser enfocado de várias formas.  Resolvi mostrar o dia a dia de muitas famílias que , infelizmente, perderam o diálogo, nem sabem mais ouvir os chamados uns dos outros. Vale apenas a tecnologia e tudo que dela vem.  Eu  a acho ótima, gosto de tê-la e adoro uma internet... Mas tudo com LIMITES e RESPEITO  àquela que é e deveria continuar sendo a nossa base sempre: a família.

Aproveito e deixo um abraço especial às MAMÃES pelo seu dia!

beijos,chica


Aqui uma imagem que a ANA PAULA  mandou para complementar o texto,rs...


21 comentários:

  1. Excelente o seu recado e a maneira como o transmitiu.
    Quantas mães irão almoçar neste domingo olhando filhos, marido, com os olhos pregados nas suas telinhas luminosas.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi querida
    Adorei sua participação, direta . Trouxe um painel perfeito do cotidiano familiar e o descaso pelos afetos.
    Estarei por aqui acompanhando.
    Grata pela sua atenção e participação.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Feliz dia das mães!!!
    Muito legal essa poesia! PArabéns!
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  4. Verdade. Presenciei o absurdo dos absurdos: na segunda-feira na sala do cinema um rapaz o tempo todo no Face. rs rs . Pior: ele estava acompanhado. rs rs
    No meu tempo quando não estava prestando atenção no filme eu estava dando beijo na boca rs rs
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Chica!
    Pensamos o mesmo...o caminho do meio é sempre o mais sábio.
    Eu também me incomodo quando vejo o uso indiscriminado de todas essas "modernidades". Mas, existe uma razão sempre...vamos aprender com tudo isso.
    Beijo minha querida e um feliz dia das Mães para ti.
    Astrid Annabelle

    ResponderExcluir
  6. Bem isso Chica,concordando plenamente contigo,já tudo parece sem chão,ninguém escuta ninguém,a família sempre teria que ser,a base e o porto para se ancorar,botar conversa em dia,se acertar,desabafar.Parece que isso é cada vez mais raro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. KKK...Muito divertida sua poesia,apesar da seriedade da situação!Infelizmente tem casos em que isso acontece mesmo e temos que estar atentos.Morri de rir com as imagens do post.Bjs,

    ResponderExcluir
  8. Olá Chica,
    Adorei a imagem do bebe. Acho que muitas famílias passam por problemas como este. Muitos não sabem que, independente da tecnologia, o uso deve ser na medida certa.
    Beijos mil

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

  11. Olá Chica.
    Infelizmente quase nenhuma família completa senta a mesa para uma refeição porque
    a tecnologia não permite, sempre tem um ao celular, televisão ou computador resolvendo algo que não pode esperar. A família vem depois.
    Maravilhosa sua participação.
    Beijos
    Maria Luiza (Lulú)

    ResponderExcluir
  12. Chica, adorei os versinhos. Você é mestra com eles!
    Estava à procura dessa imagem que vc colocou, a de cima, que vi no Facebook e achei ótima. Vou levá-la, viu? rs
    A verdade é que a gente deixa que isso aconteça. Aqui em casa sempre fui econômica com essas compras de cada coisa que surgia no mercado e meus filhos tiveram um simples computador já bem no final da adolescência. O que acontece é que os próprios pais cedem a tanta tecnologia e depois dizem que os filhos é que "exigem". Comigo não colava. rs
    Evoluir sempre, mas sem exageros.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Olá, querida Chica
    Aqui também todos somos conectados... graças a Deus!!!
    Não vejo a hora da filhota ter o seu blog mas tá esperando o bebezinho crescer mais... fazer menos manha... rs...
    As suas imagens foram perfeitas... vc é criativa e repassa isso pelos posts...
    estou fora de casa e sem grande chance de caprichar...
    Passou nele uma realidade dos dias de hoje... a gente não a vive mas sabe da existência dela...
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  14. O cientista Albert Einstein, certa feita disse: “Tenho medo do dia que a tecnologia vai se sobrepor à interação humana. O mundo terá uma geração de idiotas.”
    Estamos vivendo esse momento. Até na sala de aula a gente vê isso.
    Abração.

    ResponderExcluir
  15. Estou vivendo esse drama, amiga. Durante a semana, ninguém navega para brincar online. Limite para podermos nos conectar na vida real. Risos para a "figurinha" da Ana Paula. Beijinhos. :)

    ResponderExcluir
  16. Belíssimo e infelizmente muito actual texto!

    Para reflectir!

    Em muitos lares perdeu-se o sentido de família com a tecnologia.

    beijinhos.

    ResponderExcluir
  17. Ah isso é verdade mesmo, Chica, tem famílias que estão neste estágio e é bem triste. Eu adoro toda esta tecnologia, mas nada que interfira nas relações de amor entre os familiares.
    Ainda há pouco vi um capítulo da novelinha das 7 e tinha justamente um caso destes, os filhos em seus eletrônicos e nem deram bola pra mãe.
    Muito bom seu enfoque nesta blogagem.
    beijos cariocas


    ResponderExcluir
  18. Otima sua participação Chica com um toque de humor bem ao seu estilo e retrato fiel de nossas vidas neste emaranhado de avnços tecnologicos.
    Otima a ideia de nossa amiga e voce mandou bem como sempre com sua criatividade,
    Um abração amiga.

    ResponderExcluir
  19. Chica, que situação a da família atual.
    É mesmo assim.
    Tento ao máximo não cair nessa. Tento manter os hábitos de comer na mesa, na hora marcada, sem TV e só se levantam quando todos acabam. É a forma que tenho de manter o diálogo por alguns momentos com todos presentes.
    E assim vamos vivendo.
    Xerosssssssssss

    ResponderExcluir
  20. Não só a tecnologia, mas a demanda da modalidade das novas famílias tirou da sala, da mesa, da interação, os seus membros. As facilidades da tecnologia são inegáveis, e seus avanços - que não devem parar! - melhoram os objetivos a que se prestam, porém, deveria estar incluso nas regras que a gente estabelece para educar os filhos, os limites... acho que tanto não é fácil faze-las valer em todos os aspectos que envolvem este "educar", quanto estabelecer os limites no uso destas maquninhas que não podem substituir o aconchego, a afetividade, a troca entre as pessoas.

    Gostei da forma como tratou o assunto, Chica, bem real, infelizmente...
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi, Chica!
    Como você é criativa!!
    Adorei a sua prosa que retrata muito bem o que acontece em vários lares, quando não, comem cada um defronte suas máquinas ou comem correndo e quietos à mesa para retornarem para os seus robôs.
    Algumas famílias estão mesmo doentes!
    Beijus,

    ResponderExcluir

Obrigado por vir me ver aqui também...