Podem ouvir e recordar...

Podem ouvir e recordar...
Foi lido lá em Portugal!

Mais um texto daqui, foi lido lá na RÁDIO SIM,de Portugal

Ouçam AQUI

Vejam no Coisinhas da chica!

Vejam no Coisinhas da chica!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Basta clicar!

♥ No sonho as cores... ♥


Participação na 2ª edição do ERA UMA VEZ. lá do Vitrine dos Sonhos:


Era uma vez Eva, pequena menina
que triste fase estava a passar.
Na sua casa tudo para o Natal enfeitado
mas dentro dela,  as cores a desbotar!

Adultos que a amam,cobram, ferem
fustigam seu pequeno coraçãozinho...
Um amor estranho, que não se dá conta
da tristeza que vive a menininha.

Sentada no sofá, olha o pinheiro.
Silenciosa, fica as bolas a olhar...

Ainda bem que ao seu lado,
tem um amor verdadeiro
 tem seus avós, com quem vive
que param tudo para a ouvir desabafar:

_ Que adianta o pinheiro enfeitado
se o clima da Natal está a faltar?

Acariciada ,aconchegada com os avós, no peito
adormece...Sonhar parece ser, de ser feliz, o único jeito...

No sonho, passeia tranquilamente, se vê linda
pela floresta, onde tem seus amiguinhos
Há esquilos, aves, árvores, borboletas
passeia esquece, por momentos, os descaminhos...

Curte tudo, ao máximo aproveitando
mas um telefone toca...É hora de acordar!
Mais um dia, agora estava começando
era real e ela o teria claro, que enfrentar!

Mesmo pelo sonho revigorada
 nele vividos mágicos momentos,
sabia que sua paz estava abalada
e logo, iniciariam novos tormentos...

E ela que  no "papel" ,sempre colocava  flores
hoje, nem no  "papel" quis mais  desenhar...
Diz bem alto: não tenho cores para brincar!
Por isso, meu "caderno", em férias há de ficar!

Triste para Eva, triste pra quem a adora,
que parte para a  menininha  animar...
Tarefa difícil os avós tinham agora...
Cores no triste Natal de Eva colocar...

chica

Participem!

Escrevam algo inspirado na imagem dada e deve iniciar por ERA UMA VEZ! Ver AQUI!

18 comentários:

  1. Tadinhaaaaa =/
    A vida tem a cor que a gente pinta, se o céu está cinza, podemos fazer algo e mudar a cor. Somos atores da nossa própria peça a VIDA.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Fica a certeza que os avós darão o carinho que Eva necessita
    Linda participação, Chica
    Beijinhos mil
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  3. Gostoso ter avós...uma loita de divergencia na educação...mas muito gostoso!

    ResponderExcluir
  4. Certamente os avós de Eva saberão o que fazer...
    Linda participação, Chica!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá Chica.

    Que linda história em poesia.
    Parabéns!
    Infelizmente, hoje em dia, o espírito natalício parece ter-se perdido. Este dia tornou-se uma data comercial... Será que o amor e a solidariedade, morreram?!

    Beijos minha amiga,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá Chica, haverá melhor Natal que o aconchego do colo dos Avós? Adorei os seus versos. Muito lindos mesmo e com uma belíssima mensagem. Beijinhos Ailime

    ResponderExcluir
  7. Linda e terno conto com que participaste.

    Nela sobressai o valor dos avós.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  8. Ah! Quantas "Evas" há nesse mundo... hein, Chica?! Realmente enfeitar o exterior quando o interior é todo cinzento... na vida de uma criança... isso é muito sofrido!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. Oi Chiquita, boa noite!

    Lindo, afável e um pouco tristonho seu poema/conto. Mas tenho certeza de que Eva um dia irá encontrar um pote de felicidade lá no fim do arco íris onde moram todas as cores.

    Parabéns por essa mágica participação

    beijos da Lu

    ResponderExcluir
  10. Que lindo Chica! Que belas rimas, que triste poesia.... A poesia triste tem muita beleza também.... Mas doeu o coração... Me vi nessa menina com o "pinheiro sem cor"... e quem não se vê vez em quando... Coloquemos cor então sob o amor verdadeiro.... de Deus..

    Beijos amiga!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia, Chica. Rimas ricas e um conteúdo belíssimo em versos.
    Como Eva sofria!
    Uma poesia triste mas que acontece com muitas crianças, muito mais do que possamos imaginar.
    Ainda bem que Eva tinha o amor sincero e ouvinte dos avós, a fim de que por essa fase ruim demais pudesse passar e assim se alegrar.
    Que tenha Eva um Natal abençoado e muito feliz vencendo as tristezas que ocorrem em seu coração.
    Parabéns pela criatividade, pela participação na rádio também!
    Beijos na alma e excelente dezembro!

    ResponderExcluir
  12. Poesia linda e uma história triste! No Natal há muito desse sentimento vazio no peito das pessoas,infelizmente! Nem todos conseguem chegar ao espírito natalino! bjs,

    ResponderExcluir
  13. Oi Chica!

    Ah Chica, Evas e Evas existem por aí, e ninguém se dar conta!

    Linda e triste historia!

    Fica com Deus amiga!

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente Chica, nem todas Evas tem Natal feliz... Um poema bem reflexivo e que mostra que apen.as a época de natalina não basta, é preciso que a alegria esteja em nós.
    bjkas doces

    ResponderExcluir
  15. Avós são ideais para conseguir alegrar netos, mesmo quando tudo parece escuro na cabecinha deles. Que todas as Evas encontrem a alegria perdida. Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Olá, queria Chica
    Colocar cores em todos os corações neste Natal, eis a questão!!!
    Nisso estou por aqui!!!
    Seja abençoada e feliz!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  17. Olá Chica!
    Que belo Natal! E que belo é o teu poetar! Quem me dera ter avós...
    Um beijo e bom fim de semana.
    M. Emília

    ResponderExcluir
  18. Chica minha linda, vim agradecer seu carinho de sempre!

    Muuuito obrigada por fazer parte da minha vida aqui na blogosfera.

    Fica com Deus Chica!

    ResponderExcluir

Obrigado por vir me ver aqui também...