Podem ouvir e recordar...

Podem ouvir e recordar...
Foi lido lá em Portugal!

Mais um texto daqui, foi lido lá na RÁDIO SIM,de Portugal

Ouçam AQUI

Vejam no Coisinhas da chica!

Vejam no Coisinhas da chica!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Basta clicar!

♥ ♥
Dança da vida...




Eu danço
tu danças
vem comigo bailar?

Vem,
te espero
passos lindos vamos dar!

Olho em volta
salão vazio
de repente,sinto frio...

Um arrepio toma conta de mim
não gosto de sentir nada assim!

Agora a dança
já não me encanta
te procuro
não estás mais no salão...

Com quem vou dançar então?

Quero ficar só
sinto de mim dó!

Pela vida,passei
pela vida dancei
mas meu par, nunca formei!

Na dança da vida, sem dançar
apenas pelo salão grande rodei...


(* Inspirada na imagem apenas....achei triste!)

13 comentários:

  1. Essa Dança da Vida existe, sim! Eu gosto quando se mostra a realidade, mesmo ela sendo triste. Um beijão, fica com DEUS, bom descanso!

    ResponderExcluir
  2. tristinha sim... mas tráz uma beleza de uma vida que embora se mostrasse só havia música o tempo todo ao lado, haviam passos, movimentos... enfim, a vida nunca parou...

    beijossss....

    Su.

    ps.: ahhh e a data de 15/9 no topo... falta ainda uma semana... ainda intrigada aqui...hehehe...

    ResponderExcluir
  3. Sim tristinha, mais nem todo dia é dia de alegria...
    Já aconteceu isso comigo,de olhar para uma imagem e compor.
    E eu achei linda, eu gosto de poesias assim, gostei mesmo. Bjs! Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  4. O grande salão da vida, onde dançamos sós ou acompanhadas.Pra que a dança permaneça, mudamos o ritmo, conforme nossos paços.
    bjs. Bom final de Semana.
    Adorei

    ResponderExcluir
  5. Mesmo a sós, a dança da vida pode ser linda!

    Vamos dançá-la ao nosso ritmo!

    Parabéns por tão belo e sensível poema!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá Chica!

    Tudo bem?

    Gostei do poema, apaixonado e emocionante, porém, um pouco triste. São coisas da vida. ;)

    Obrigada por vires conhecer o meu cantinho, por teres entrado nele e por teres lido e comentado também no blog do Recanto dos Autores, da Anne Lieri.

    Já estou a seguir-te. :)

    Deixo o selinho, acho que também mereces. :)

    http://lh5.ggpht.com/-USSsRV7QAXE/UElAslY96ZI/AAAAAAAAA5Y/zAyu41xlUlk/s1600-h/Selo%252520100%252520Seguidores%252520OQMCD%25255B4%25255D.jpg

    Beijinhos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Triste sim,mas ficou linda sua poesia!Nem sempre ha par para todos na vida!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente minha amiga esta é a realidade de muitos, passam a vida esperando o verdadeiro amor, infelizmente não encontram, acabam sozinhos no salão, mas isto não quer dizer que não dançarão, que ensaiando um passo e outro muitos solidários a ele se juntarão, são os amigos que fazem a vida sempre valer a pena, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  9. Devolvendo a visita minha flor...adorei a poesia!!!! Beijos doces, leves e perfumados!!!!

    ResponderExcluir
  10. Chica, ficou triste, mas verdadeiro. Quem não se lança ao desafio de formar par e dançar pela vida, corre o risco de acabar em um salão vazio. Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Também vou dançando o bom é não parar enferruja rs!!Boa semana jOANINHA LINDA!

    ResponderExcluir
  12. Oi doce Chica,

    Poema bem pensado, escrito e estruturado.
    Bem, o importante é que dançou naquele salão grande, mas parece que nunca par formou.
    A vida, não tem de ter par. Somos felizes, do nosso jeito.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir

Obrigado por vir me ver aqui também...